"Sim, me leva pra sempre, Beatriz Me ensina a não andar com os pés no chão Para sempre é sempre por um triz. Aí, diz quantos desastres tem na minha mão. Diz se é perigoso a gente ser feliz.

17
Fev 10

Em 11 anos uma mulher aprende muito e é obrigada a lidar com os erros do passado. A minha história não é certamente diferente a milhares de histórias de outras tantas mulheres que se dedicam de corpo e alma a um ideal de familia, a um homem que mais tarde demonstra não merecer o repeito e dedicação que lhe dedicaram.

 
 

 

Quando decidi ter uma vida em comum com pai da minha filha, ele tinha saido de um divórcio amigável e por comum acordo , e eu contra avisos de todos os que me rodeavam, pensei ter encontrado o homem da minha vida .

Como me iludi...pois os seus hábitos de vida nocturna e traições nunca foram abandonados e cedo percebi que nada representava na vida dele.Não, minto, eu representava o lugar onde vinha tomar banho, mudar de roupa comer e descansar.E quando depois de um primeiro filho que perdi aos 3 meses e meio de gestação, voltei a engravidarnunca imaginei o sofrimento que me esperava!,

Sofri muito durante a gravidez. Desde insultos , humilhações, e até agressões fisicas de um homem que eu achei um dia ser  o meu grande amor, um ser honesto e respeitador !

Desde a exigencia de um aborto até ao facto de ser obrigada a suportar traições e solidão, sózinha, enfrentando desde o quinto mês uma gravidez de risco, tudo enfrentei por amor á minha filha.

Quando nasceu, tudo esqueci com a imensa felicidade que experimentei, mas logo se adivinhava um futuro sombrio.Pouco tempo depois , quando pedia ao pai da minha filha um pouco de ajuda, um poco de atenção para a bébé, ajuda monetária, em resposta ouvi" ela nasceu porque tu foste irresponsavel, por isso a responsabilidade de a criares é só tua!" E as longas noites sózinha  com aminha filha enquanto ele se divertia com as amigas , as idas frequentes ao hospital , sempre sózinha ou com a familia materna , enfim , um pai sempre ausente, ignorando a filha , para quem ela só começou a ser importante após a sepação !

Ninguém imagina o sofrimento e dificuldades que enfrentei para criar a minha filha sózinha sem o apoio do pai.

Quando eu exigi que ele abandonasse a minha casa, ele saiu, mas prometeu vingança ! E está a cumprir!

Começou uma guerra terrivel, em tribunais, recusando o diálogo e a compreensão que o poderiam aproximar da filha.

Apesar de usufruir de rendimentos (não declarados) , é apoiado pela segurança social que lhe paga a advogada desde 2004, bem como todas as despesas em tribunal!

Apesar de não ter motivos , ele inventa incumprimentos e vitimiza-se perante os tribunais e as pessoas.Desde 2004 que afirma não trabalhar, vendeu o que tinha e colocou o carro em nome da actual companheira, tudo para fugir ás suas obrigações de pai.

Ele ameaça, grita, faz escandalos , e não se importa de o fazer diante da filha.

A pequena com 8 anos, já compreende e agora até na escola se recusa a falar com ele.

E claro, a culpada é a mãe que a impede! Como se a eu fosse a culpada de tudo o que acontece!

A ideia e argumento da Alienação Parental é aqui usado como único argumento e justificação para tudo.

Mas como é possivel alienar um pai que se alienou e da vida da filha? Volunt´riamente e em nome da diversão e prazer...

E, não se dá conta que a agressão, a violencia e intolerancia o afastam cada vez mais da pequenina?

Eu, pensando na minha filha, esqueci as agressões fisicas e psicologicas que sofri durante o tempo que com ele vivi, e hoje, casada, esperava ter um pouco de paz e estabilidade para a minha filha.No entanto ele continua a insistir nesta guerra que só tem perdedores e principalmente a nossa filha sofre e irá sofrer toda a vida.

Nunca por um momento tentei ou influenciei a minha filha para não ir com o pai, mas como explicar e obrigar a minha filha? Bem tento, mas na opinião do pai a solução é a gnr ir buscar a menina e obrigá-la a ir ...mesmo á força!

Será que uma estranha( amiga do pai) tem o direito de bater na minha filha como aconteceu? E as conversas que ten com a filha apenas para falar mal da mãe? Será que este pai não se interroga do efeito que estas conversas tem na cabeça da filha? E é a mãe a culpada?

E as idas de férias? Apesar de as solicitar e até invocar incumprimentos, nunca por uma única vez este pai foi á minha porta para a leavar....mas no entanto diz qe sim e exige que a mãe pague multas por um incumprimento inventado!Usa a filha para obter vantagens financeiras , exigindo á mãe o dinheiro que serve para criar a filha porque ele nunca ajudou a fazê-lo! Que dizer?

E hoje, num blog da nossa cidade, inventa histórias, chama a mãe de prostituta de luxo, de vigarista, ladra entre muitas outras coisas!

Chegou ao ponto de dizer que eu exigi mais dinheiro em troca de fins de semana com a filha!

Parece-me que está desesperado e não só ...está fragilizado e doente, porque só alguém muito doente tem estas atitudes!

Nunca em tribunal lhe exigi dinheiro, nunca impus qualquer condição ou condicionalismo para que a filha vá com ele nas poucas vezes em que se dirigiu a minha casa para a levar...

Lamento que tenha um ódio tão grande pela mãe da filha dele e não saiba distiguir as coisas  , não tenha a noção do mal que faz a toda a gente , principalmente á nossa bébé.

Hoje, recebi mais uma carta do tribunal.Em Março, mais uma ida ao Tribunal, e mais invenções, mentiras , agressões, indefinidamente....

Será que isto não acaba? Pois, só quando o pai entender que as crianças amam a quem as ama, repeitam quem as respeita e cuida, e um pai não é só pai porque teve uma horas de prazer com a mãe...

Pai ama, pai cuida, pai defende, pai está presente...sempre e não só quando lhe dá geito.

Pai acalma, pai ensina e está lá desde o berço, e não só quando os filhos já não dão trabalho. Pai mima, pai ajuda ...e não deixa nunca a responsabilidade nos ombros do outro!

Pai compreende e é tolerente ensinando essa tolerancia.

Isto é o que um filho precisa...

 

Não vou alongar-me mais pois por hoje já chega de recordar e pensar no que de pior aconteceu na minha vida.Em todas as desgraças ...existe uma coisa boa.

Todo o sofrimento , vale a pena porque eu tenho a coisa mais preciosa do mundo...a minha filha . E por isso eu estou grata ao pai da minha filha.

 

 

 

 

 

 

publicado por marisol2007 às 21:28
sinto-me:

comentários:
Obrigada, Marisol, por me ter adicionado à sua lista de amigos!
Um grande abraço!
poetaporkedeusker a 22 de Fevereiro de 2010 às 17:39

Bem vindo amigo, os poetas fazem falta nesta vida cinzenta- A poesia alegra a vida !
marisol2007 a 28 de Fevereiro de 2010 às 17:33

Amiga, no feminino! Eu sei que o nome Poeta parece ser só usado no masculino, mas eu utilizo-o também para mim e para outras poetisas de que gosto mais.
Um grande abraço!

RADIO CADERNO DJ MARIA CACHUCHA DISSE……………… Bom dia leitor(A) do Caderno manhã da ex rádio viseu international.No quadro LER e PENSAR
PARA ESSA MAE DE MERDA QUE CONTINUA NEGAR A FILHA AO PAI ...
ACHAS QUE AQUI EM VISEU NINGUEM TE CONHECE ......?
Como é difícil se livrar de uma mulher fácil.
Mulher feia é como pantufa... Dentro de casa, até que é gostosinha,mas na rua...dá uma vergonha!!!
Mulher feia é igual a ventania... só quebra galho. Antigamente mulher gostava de gajo cavalheiro, educado, romântico, carinhoso. Depois, passou a gostar de gajo que se mostrava, que lutava JIU JITSU... Agora a moda é KARATÊ! O kara-tê dinheiro, o kara-tê carro, o kara-tè appartamento
Mulher gorda celulidoide como vc mae de merda ,é como a Ferrari... quando sobe na balança vai de zero a cem em um segundo e nao esqueça quando você passar na rua e ficarem te olhando, não se sinta o máximo...Pois o feio o ridículo e a sua historia também chamam a atenção...
Os psiquiatras dizem que: uma em cada quatro pessoas numa familia tem alguma deficiência mental... Fique de olho em três dos seus familiares . Se eles parecerem normais, a retardada é você!!

antonio a 24 de Abril de 2010 às 10:35

Cara Mamã. Em primeiro lugar voce se deve preocupar com o que voce faz e contribui para sua filha. Os filhos são feitos a dois (por acaso isto já não é tão verdade assim...) e cada um deve assumir as suas responsabilidades. Criar um filho deveria ser um jogo de equipe mas... nem sempre a equipe funciona bem. Existe algo voce nunca deverá fazer: usar sua filha como arma de arremesso contra o Pai. Os filhos amam e necessitam igualmente da figura de Pai e Mãe. Nunca fale depreciativamente do pai ou instigue sua filha contra o Pai, pois isso mais tarde se irá virar contra si para alem de ser altamente traumatizante para vossa filha. Não posso deixar de referir que ter filho é coisa muito bela mas tambem muito séria e deve ser muito bem ponderado e pensado... antes de se terem filhos. O que me parece è que vc como mae e como mulher è uma falida Boa sorte e felicidades ...pense bem o que vc faz com a cabeça da sua filha


antonio a 21 de Abril de 2010 às 15:32

No Egipto, as bibliotecas eram chamadas ''Tesouro dos remédios da alma''. Em algumas aldeias do Conselho de Viseu como Magarelas onde existem certas pessoas o remedio è a vinhaça, de fato é nela que se aprofunda a ignorância, a mais perigosa das enfermidades e da origem a todas as outras.Melhor é o pouco que o Pai da tua filha com justiça, do que a abundância de colheita com injustiça como tu fazes. O socorro do Pai da Beatriz está em o nome do Senhor, criador do céu e da Terra. O teu soccorro vai ser um barco que palha que vai arder no inferno. Salmo 124:8

antonio a 23 de Abril de 2010 às 14:19

FRANCAMENTE ….INFELICEMENTE POR CAUSA DE mulheres DESTA NATUREZA como esta mae de merda ESTAMOS A DEIXAR DE SER mulheres , somos umas cabras, umas egoístas, umas imaturas a quem se deveria impedir ter filhos, extirpar os ovários e condenar à esterilidade. Porque esta é a essência do discurso das nazis da maternidade,maes destas impedem o mundo que seja diferente e melhor , elas têm como monolítico e imperativo, proibir que este tipo de mar psicopata lidem com a maternidade como bem podem e lhes sai do grelo, chorando a primeira vez que a filha fica na creche, nao deixando o pai estar com a filha , fazendo sessões impossíveis de massagens tailandesas, abusando psicologicamente da propria filha , etc.etc Se são assim de intransigentes com merdinhas destas, coitadinha da filha dela.REALMENTE QUE RAIO DE mae …TENHA VERGONHA
antonio a 23 de Abril de 2010 às 14:26

Infelizmente bem sei o q é isso, estou a passar pelo mesmo, só que o meu ex marido ainda tenho acrescentar é toxicodependente e alccolico, nunca aparece nas visitas à menina e exige levar a menina mesmo c a s forças policiais.. e eu q devo fazer?? é impensável levar a menina à força... e xamam a isto pai????
paula a 17 de Outubro de 2012 às 13:10

Força amiga, lute por si e pela sua filha...não desanime e nunca deixe de dar valor a si própria...é dificil, eu sei ...mas um dia sua filha irá reconhecer a mãe que tem ...Um abrço e muita , muita força!
marisol2007 a 18 de Outubro de 2012 às 10:52

Muito triste essa historia que deus venha ti ilumina cada dia que pssse minha amiga
Ninha a 11 de Julho de 2014 às 05:51

Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
18
19
20

21
22
23
25
26
27

28


mais sobre mim
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO