"Sim, me leva pra sempre, Beatriz Me ensina a não andar com os pés no chão Para sempre é sempre por um triz. Aí, diz quantos desastres tem na minha mão. Diz se é perigoso a gente ser feliz.

20
Abr 08

Hoje o meu coração de tão atolado que está de sentimentos, não aguenta mais ...

E aqui desabafo com todos o sentimento de revolta e injustiça que não consigo evitar!

Que tu, enquanto pai não respeitaste nunca o bem estar da tua filha, impondo sempre e clamando pelos teus direitos de pai...sem te importares com os direitos da pequenina ...já não é novidade...mas usares a tua filha para obteres vantagens financeiras é a atitude mais baixa que alguém pode ter...

Como é possivel que tu uses o afecto da tua filha pelo padrinho, e o dele por ela ...para   o caluniares a ele e a mim, inventando acusações e exigindo compensações   monetárias a quem sempre assegurou o bem estar da menina...porque tu estavas ausente como sempre!

Se dependesse de ti ...a tua filha teria morrido abandonada ...pois nunca te preocupaste se ela tinha pão na mesa, a pensão a que estás obrigado...tens esquecido e pedes uma indeminização de 2.000.00 € , a quem a alimenta e veste ,  ajudado  pelas tuas amigas de sempre (Celeste e Mila ) que não se coibem de mentir em tribunal, ãcusando a minha familia de te ter agredido ...quando quem foi injuriada fui eu...Tanta mentira em nome de um amor de pai...que não sentes!

Continuo sem perceber, como não tens pudor de ouvir a tua amiga Mila , agredir-me , chamando-me de má mãe e ameaçando-me "Agora é que eu te vou fazer sofrer, vais chorar lágimas de sangue pela tua filha ".Eu sei, ela é divorciada há anos, e tem sido a tua companhia das noites do "Canta Latino " e fins de semana em espanha, (ainda no tempo em que comigo vivias ...deixando-me sózinha com a tua filha em casa)

A postura dela eu até entendo, porque os dois filhos não foram motivo suficiente para evitar   a traição que faz parte do comportamento e da vida dela há muito tempo...mas na minha vida não...e tu ainda aplaudiste quando apesar de eu sempre a ter ignorado me tivesse ameaçado quando tu a levaste á minha porta...ias buscar a tua filha ...lembras-te? Então porque levaste tanta gente atrás de ti? Bem, sempre foi assim...dizias que a conselho da tua advogada...eram testemunhas ...Mas não vês que é por isso que a tua filha se recusa a ir contigo...quando as tuas companhias insultam a mãe, fazem escandalos sempre que a vais buscar...como esperas que ela reaja? Esquece esse orgulho e acaba com essa guerra que insistes em manter...só pioras as coisas e quem sofre é ...a nossa filha !

Mas testemunhas de quê? Não estavas num tribunal e aquela casa tu já frequentaras...nunca ninguém te fez mal...pelo contrário sempre te ajudaram e apoaram quando precisaste...

Pois já esqueceste ...quando nos juntámos, tu nem um carro tinhas...foi o meu pai que te ajudou...

A única coisa que trouxeste para a nossa união foi ...a roupa que vestias e hoje tens um apartamento , um bom carro , comprados com a minha ajuda e da minha familia...eu nunca reclamei nada, mas é triste ver a tua ingratidão e falta de escrupulos e verdade!

Que tipo de valores vais ensinar á tua filha? Que tipo de moral tens para o fazer ?

Pois, este mês voltaste de Itália...para um julgamento ...

Uma invenção tua e das tuas eternas companhias, que infelizmente não tem uma vida sua e por isso vivem e destroem a minha e a da tua filha.

E logo nos primeiros dias., em claro incumprimento pelo acordo de Regulação de poder paternal, vais á escola e exiges levar a menina...

Afinal...eu sou a mãe, garante das necessidades dela ...não mereço uma satisfação? Pois , tu achas que não ...não perguntaste se eu tenho dinheiro para as necessidades da tua filha, mas sabes que ela está na escola (que eu pago ) e que tens direitos...Gnr, advogados, tribunais ...é isto que queres...Não sei se esse teu temperamento é fruto do lugar onde vives, pois da Sicilia, as minha lembranças não são nada boas, mas eu tinha a esperança de que tu fosses diferente.

Para grande tristeza minha enganei-me...

Só lamento que não tenhas a lucidez suficiente para ver o mal que fazes á Bea. 

Ela fará o seu juizo de valor e respeitará quem lhe merecer respeito.

O bem e o mal já são valores que ela entende...e sabe distingui-los...

Pensa nisso.

 

 

 

 

publicado por marisol2007 às 11:14

Abril 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

28
29
30


mais sobre mim
mais sobre mim
pesquisar
 
blogs SAPO